segunda-feira, 19 de maio de 2014

"Atitudes e decisões reprodutivas e padrões de adaptação em sobreviventes de cancro da mama", Universidade de Coimbra





 1º email que recebi da Universidade de Coimbra


"Ex.ma Sr.ª Sandra Matinhos,
 

Tendo tido a oportunidade de consultar o blog "Porque justo a mim...", pudemos observar que aborda temas de grande relevância para mulheres que vivem com cancro da mama. Como tal, acreditamos que seja lido por um elevado número de mulheres que lidam com esta situação.
Por este motivo, consideramos que poderá dar um importante contributo através da divulgação de um estudo pioneiro no âmbito no cancro da mama que está a decorrer na Faculdade de Psicologia da Universidade de Coimbra, intitulado “Atitudes e decisões reprodutivas e padrões de adaptação em sobreviventes de cancro da mama”, cuja Investigadora Principal é a Doutora Vânia Gonçalves.
Pensamos que o blog poderá ser um meio muito importante para divulgar o nosso estudo, acreditando que através do seu importante contributo poderemos chegar a um elevado número de mulheres.



Estamos convictas da pertinência e relevância deste estudo em termos clínicos e de avanço dos conhecimentos científicos. Portanto, gostaríamos de solicitar o seu apoio na divulgação do nosso estudo e recolha de dados. 
Desta forma gostaríamos de perguntar se estaria disponível para divulgar o Link do nosso estudo através da vossa pagina online ou facebook.


Obrigada pela partilha da sua experiência.
Estamos imensamente gratas pela vossa atenção e amabilidade.
Com os meus melhores cumprimentos,
V.L."





2º email que recebi após ter dado resposta positiva em colaborar com a divulgação do projecto de estudo e  do link para preenchimento do inquérito.


 

" Boa Tarde Sandra,

Muito obrigada pelo seu e-mail que lemos com todo o interesse e entusiasmo. 

Primeiro gostaríamos de expressar os nossos mais profundos agradecimentos pelo seu testemunho tão sincero e pela forma como utiliza as suas vivências para ajudar outras pessoas que da mesma forma também convivem com esta doença. 

É notável o trabalho que a Sandra tem desenvolvido neste contexto, trabalho esse que tem vindo a crescer agora com os novos projetos que abraça. Estamos também imensamente gratas pelo grande interesse demonstrado pelo nosso estudo e por mostrar uma vez mais que este é importante para ajudar a melhorar o nível de cuidados prestados a pessoas jovens que passam pela doença. De facto, como refere, as questões de fertilidade ainda são muitas vezes pouco abordados em contextos clínicos, e que tal como a Sandra sente, também a maioria das mulheres (baseado em estudos) refere necessitar de informação sobre fertilidade atempadamente...


Muito obrigada uma vez mais por tudo o que tem feito e por ter partilhado algumas das suas experiências connosco.

Votos de tudo de bom para si.
Beijinhos,
V.G e V.L"



Sendo eu como sou e estando sempre disponível para ajudar, aqui está mais uma forma de o fazer e com um prazer que me enche sempre o coração!

Feliz e cheia de sorrisos de gratidão verifico que o meu blog é procurado por diferentes pessoas e com diferentes interesses. Esta diversidade revela que o meu testemunho e as minhas partilhas atingem alguns dos seus objectivos, como é neste caso em concreto - informar, ajudar, divulgar, sensibilizar…

A todos deixo o texto introdutório e o respectivo link, que se encontram mais abaixo destacado a preto, para aceder ao inquérito que deve preencher a fim de contribuir para este importante estudo e de grande relevância que está a decorrer na Universidade de Coimbra e que tanto irá contribuir para desenvolver melhores técnicas de acção em determinadas situações especificas na vida da mulher com cancro da mama.

EU já preenchi o meu, agora é a sua vez!
Não deixe de participar, preencha e/ou divulgue na sua pagina de facebook a fim de chegar ao maior numero de pessoas que preencham os requisitos adequados para o estudo. Certamente que fará toda a diferença a sua colaboração!

Sempre GRATA com o CORAÇÃO!!!
Sandra Matinhos


Investigadores da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra estão a desenvolver um projeto de investigação que pretende compreender as atitudes e decisões reprodutivas que mulheres jovens diagnosticadas no passado com cancro da mama têm em relação à fertilidade e à parentalidade.


Se foi diagnosticada com cancro da mama há pelo menos dois anos, tem entre os 18 e os 40 anos e realizou radioterapia e/ou quimioterapia, colabore neste estudo!


Esta é uma investigação científica rigorosa e pioneira em Portugal, na qual a sua participação é muito importante. Só assim é possível conhecer melhor as atitudes e decisões reprodutivas e o impacto que estas questões têm na adaptação psicológica e Qualidade de Vida destas mulheres. Este conhecimento permitirá desenvolver programas de apoio ajustados às necessidades destas mulheres e melhorar o seu ajustamento psicológico e Qualidade de Vida.


Para participar nesta investigação basta preencher um conjunto de questionários online. Os questionários encontram-se no seguinte link: https://www.fpce.uc.pt/limesurvey/index.php/59981/lang-pt

O seu anonimato será sempre garantido.

 

 



Sem comentários:

Enviar um comentário