sexta-feira, 29 de abril de 2011

"Laços que se criam, laços que perduram..."


No meu testemunho, que tenho vindo a partilhar com todos, de forma alguma estaria fiel à realidade se não partilhasse a minha eterna gratidão por quem tanto me deu descobri seres muito especiais, simplesmente porque têm o dom de dar e ajudar com o mais puro e nobre dos sentimentos, que é o amor!
Falo de toda a equipa de técnicos de saúde ligados, directa e indirectamente, à unidade de Oncologia do Hospital de Faro.
Ao ser uma recebedora deste amor, ao longo do meu processo de cura, fui analisando cada membro da equipa, onde pude caracterizar a forma que cada um dá de si! E foi um privilegio extraordinário ter o alcance da essência de cada um para além da vista desarmada... Surpreendentemente fui verificando as suas grandes capacidades a diversos níveis, não só como técnicos profissionais mas também como seres emocionais!
Desde sempre revelaram uma solidariedade para com todos, um espírito de dedicação com um voluntariado constante e, o mais impressionante de tudo foi, manterem sempre a coragem de acreditar que é possivel vencer, mantendo escondidos os seus sofrimentos e angustias no silencio e camuflados com sorrisos simpáticos!
Acreditem que, vi e senti muitos olhos a sorrir com lagrimas...
Neste percurso, tive o prazer de conhecer pessoas maravilhosas que me deram e ensinaram muito.
Cada uma teve um papel único na minha vida!
É engraçado como me recordo dos traços individuais das suas personalidades, dos gestos, do toque e do olhar, e das palavras que cada uma me “ofereceu” nos momentos certos, naqueles preciosos momentos…

Mas deixem-me ser um pouco convencida, e partilhar o orgulho que também sinto de mim própria neste link que se criou entre nós…lol
Foi uma troca sem pedir nada em troca (parece confuso mas é uma realidade)!!!
Sinto que, de alguma forma, tal como me ajudaram e deram de si, eu também ajudei e dei do meu amor a todos.
Sinto ainda que, dei um exemplo de força, esperança e coragem e que, de alguma forma, vou servindo de lufada de ar fresco a quem por momentos precisa de sair da asfixia psicológica que o cancro impõe na vida de cada um…quer pessoal quer profissional!
Não é verdade o que digo?!...

A cada um de vós, repito,  especialmente a cada um de vós, só tenho que partilhar toda a minha gratidão e reconhecer que sou uma abençoada por ter usufruído da vossa essência!

Não podendo falar de todos, um a um, publico e comento alguns momentos que foram registados ao longo do percurso e que falam por si… 

O meu oncologista, dr Fraguas
Fizemos alguns braços de ferro, porque me revelei sempre muito curiosa em relação a tudo, talvez eu quisesse saber demais quando o dr ainda não tinha as respostas certas para me dar... Obrigada pela forma como aprendeu a compreender-me e pela forma como lidou com todas as situações. É um ser bem disposto por natureza!
A minha psicologa, drª Ana Sofia Baptista
Uma profissional fantástica, vejo-a como um psicologo-camaleão, com grande capacidade de resposta a diversas temáticas, sempre atenta ao mais ínfimo pormenor... Soube sempre delimitar os espaços técnicos mas, ao mesmo tempo, permitiu que se criassem laços com uma grande base de cumplicidade e de confiança mutua. Ensinou-me a enfrentar  os medos e sabiamente foi  descascando as minhas camuflagens. Se hoje escrevo e exponho o que me vai na alma, foi graças ao seu incentivo, ela soube "ler" a minha veia expressiva! Obrigada por me sacudir pra vida minha querida... Admiro-a bastante e à nova Sandra também, eheheh!
Oncologista, dr Bretes
Ao dr Bretes tenho a agradecer a enorme paciência e calma que sempre revelou pela minha pessoa, quis o destino que nos cruzassemos em momentos de crise, onde o dr  soube sempre lidar e dar a volta com uma delicadeza extremosa! O dr tem uma capacidade nata de falar com o olhar, acalma qualquer furacão, principalmente um chamado Sandra,lol... Espero que ainda se lembre do meu pedido de desculpas após um ataque de histeria minha,  mas acredite dr Bretes, eu estava no red-line! Admiro-o bastante como profissional e como ser.
Enfermeira-chefe Mariana
Uma mulher super atenta e preocupada, dou-lhe os parabens por conseguir gerir uma equipa de profissionais onde reina o respeito e a harmonia, dá gosto ver a cumplicidade entre todas! Não posso deixar de enaltecer a capacidade que tem em, fazer boas omoletes quase sem ovos, com isto quero dizer, gere com a maior eficacia em condições e espaços fisicos muito limitados. Eu sei que me entende Mariana e tambem sei que entendeu porque escrevi no livrinho... foi sempre solidária comigo! 
Enfermeira Alexandrina
É uma força de positivismo, boa disposição e grande amiga! Sempre que me recordo da Alexandrina, naturalmente dou por mim a sorrir, eheheh.  Jamais esquecerei a mensagem que deixaste, pela tua presença e pelo o que escreveste no meu livro de memórias da minha festa "Viva la Vita". Querida, foi muito importante ter partilhado contigo a minha vitória, obrigada!!! Adoro-te por tudo aquilo que foste e és para mim!
Enfermeira Margarida
Fez-me o acolhimento...primeiro contacto com o mundo dos tratamentos das quimioterapias! Eu, completamente apavorada e a Margarida, muito serena e sorridente a explicar-me todo o procedimento. Guardo numa memória bem presente todos os pormenores! Então quando se falou da queda do cabelo, a Margarida deu-me o melhor exemplo para encarar o processo com alguma naturalidade, tocou-me profundamente a tua expontâneidade em expor-me algo muito teu! Amiga não sei como fizeste, mas parecia que estavamos no chá das 5,lol
Enfermeira Isabel
Desde o primeiro momento de contacto foi a enfermeira Isabel que se aproximou mais de mim, transmitiu-me muita calma e confiança nos tratamentos, assegurando-me que estaria sempre por perto e contactável para o caso de eu necessitar. Na primeira fase dos tratamentos, momentos muito dificeis, era à Isabel que eu enviava os pedidos de SOS e obtinha sempre um feedback de orientação, mesmo quando ela estava ausentava do país, que pontaria a minha não era minha querida?! Muito obrigada pela sua total disponibilidade e prontidão, tem um sorriso lindo!
Enfermeira Irene
A enfermeira que me administrou a primeira quimioterapia, a que me consolou com um toque caloroso e carinhoso enquanto eu chorava, a que me aconselhou boas literaturas...Como poderei alguma vez me esquecer enfermeira Irene? É de facto muito discreta mas muito atenta e presente e, muito emotiva também, é das tais meninas que chora silenciosamente... É uma grande senhora!
Enfermeira João
Para mim é a enfermeira que representa a fé, o acreditar em Deus, revela sempre uma postura de paz! A João emana boa energia e toda a expressão do seu rosto sorri... Um bem haja e que Deus a proteja sempre para  poder continuar a dar o seu amor aos outros!  
 Enfermeira Ana Heleno
Parece uma pluma, é um ser muito leve e à volta dela reina a boa disposição (ela, a Alexandrina e a Guida  fazem um trio maravilha,lol). É muito contida na expressão das emoções, mas sinto que é uma auto-defesa, porque por baixo da batina está uma Maria Heleno derretida que disfarça com um sorriso lindo e um toque profundo! 
Enfermeira Cristina
´Toda ela é força e garra, o seu tom de voz não deixa ninguem indiferente, adorava ouvi-la nas suas observações do quotidiano, com as suas opiniões muito pertinentes e um sentido de humor muito caracteristico! A Cristina nem imagina as vezes que me fez rir ao observá-la, sempre tão espontânea nos trocadilhos das palavras, principalmente com o enf Rui. E foi a Cristina que, precisamente nesta sessão de quimio (fotografada), me deu a conhecer o mundo dos blogues entre mulheres com cancro da mama, obrigada minha linda!
Enfermeira Mariana
E quem é que consegue resistir a este sorriso lindo e contagioso! Esta mulher é uma benção, deu-me sempre tanta força, acarinhou-me com tantos mimos... Mariana, cada vez que entravas no quarto, iluminavas-o. Eu não me esqueço do "boomm diaaa Sandrinhaaa", isto era como musica de sininhos para os meus ouvidos,eheheh! Gosto muito de tiiii...
Enfermeira Magda
Inicialmente não tinha definição da Magda, foi das pessoas que mais "trabalho" me deu em descobrir,lol! Muito introvertida, discreta, com uma voz muito suave e muito delicada no trato. Mas ao longo do convivio foi se revelando e hoje, sem duvida alguma, é uma pessoa muito especial para mim! É outra das meninas emotivas, sempre com a lagrima a espreitar...o que vale é que os oculos disfarçam,lol
Enfermeira Andreina
A enfermeira glicodoce, é tão meiga e afável. Linda por dentro e por fora...cheia de valores morais! Quanto mais a conheço mais gosto dela, é um mapa de descobertas deliciosas... A sua presença na minha festa foi muito importante, muito obrigada minha querida  e, tal como me pediu, nunca me esqueço que "para lá das nuvens o sol brilha sempre"!
Enfermeira Rosa
Linda esta mulher, a serenidade em pessoa, completamente discreta! O nosso convivio não foi muito grande no inicio, mas depois fomos nos dando a conhecer melhor uma à outra e sinto que se criou uma empatia maravilhosa entre nós. Obrigada Rosa pelo seu sorriso de mil palavras...
Enfermeira Brigida
Foi a enfermeira que me recebeu no meu primeiro internamento após primeira quimio. Eu estava em pânico, com medo de morrer, a sentir-me muito doentinha, mas a tranquilidade e a delicadeza da Brigida deixou-me mais calma e segura. Obrigada por toda a paciência que o momento exigiu... Hoje farto-me de rir, quando recordo nessa noite em pleno silencio, na minha primeira ida ao wc disparo um alarme geral em vez de acender a luz do quarto de banho, que alvoroço que causei,lol! E a minha Brigida com a sua santa paciência  sorria para mim quando via que eu estava bem!!! Mas o alarme não se calava...eheheh
Enfermeiro Rui
Um homem entre mulheres! Fantástico o enf Rui, não pela sua expressão entusiasta, porque essa não havia de todo, sempre foi um homem muito introvertido, pacato e sereno. Tinha um sentido de humor muito próprio e, para mim, era o equilibrio da malta! Adorava vê-lo observar as colega com um sorriso muito disfarçado, quando as meninas se punham a cantarolar ou a dançar, isso é que era uma festarola... Tenho saudades de si, tudo a correr bem!
Assistente operacional d. Ana
A primeira pessoa com que me deparo quando entro na unidade da oncologia. A d. Ana leu os meus pensamentos, nem precisei de falar, imediatamente esta senhora estava a limpar-me as lágrimas e a dar-me um abraço/colinho que jamais esquecerei, dizendo-me com toda a força que lhe é caracteristica - "vai correr tudo bem, você vai vencer, acredite em mim"! E não é que acertou?! Venci minha querida e foi tambem com a sua ajuda e  paciência. Um bjinho muito especial para o seu marido, força!
 Assistente operacional sr Alvaro
E lá andava o sr Alvaro com a sua paciência e sentido de humor atras de mim,lol...foi ele que andou com a enf Brigida a tentar desligar o bendito do alarme que não se calava e que acordou o piso inteiro, era ele que levava as santas noites a apanhar o meu "doctor quimio" do chão e colocava-o carinhosamente ao meu lado, foi ele que uma vez se prontificou a lavar, a esponja, água e sabão, a minha cama toda porque eu me queixava de um odor que nem sabia explicar exactamente do que se tratava (certamente um efeito da quimio,lol). E lá estava a menina Sandra sentadinha numa cadeirinha, observando-o e a pensar - "como é possivel este sr ser tão disponivel, amável e ainda por cima  contar-me anedotas para me fazer rir, enquanto está a aturar uma das minhas noias?" Meu querido, muito obrigada por tudo!
 Administrativas/Recepcionistas
Ju, Ana e Anabela
Estas meninas lindas são a porta de entrada para a unidade de oncologia! Sempre me ajudaram com muita paciência,  orientavam-me nas consultas, nas marcações de exames, nas dúvidas... Inicialmente não havia muita cumplicidade entre nós, mas o tempo de convivio foi longo, o que permitiu criar-se laços de afectividade e simpatia! Também fica registado em mim a forma como me tratavam e a preocupação que manifestavam quando algo não corria bem no evoluir dos meus tratamentos, eu conseguia ler-lhes as entre-linhas, pelas atitudes e pelos olhares. Minhas queridas, vocês são uma boa disposição, a noite destas fotos deu para vivenciarmos isso mesmo! Obrigada por tudo o que continuam a fazer por mim...



 
 Enfermeira Carmo
(unidade de senologia)
Não podia deixar de referir a gratidão que sinto por esta srª tão especial! Foi a primeira enfermeira com quem contactei ao dar-se inicio ao processo cancro, foi a Carmo que estava comigo quando recebi a confirmação de que o meu tumor era maligno...não há palavras para descrever a relação que criamos desde então, pode-se dizer que é de grande respeito, cumplicidade e amizade! A Carmo, é uma grande mulher em ponto pequeno,lol...Admiro-a bastante por tudo, afinal também é uma mulher corajosa!!!



Não tendo fotografias com todos os membros da equipa, fica desde já os meus maiores agradecimentos e beijinhos com todo o carinho e admiração pelos: médicos Dr. Ferro (senologista), Dr. Carlos Reis (oncologista), Dr. Inácio (oncologista-estagiário), Dr. Oscar Condon (médico de radioterapia), Dr. Moita (cirurgião) e Dr. Casquilho (cirurgião), Drª Ana Isabel Cruz (fisiatra),  pelas enfermeiras Lurdes, Susana, Dulce, Carmelita, Cláudia e Maria do Carmo e pela assistente operacional Fátima.

Aproveito ainda para agradecer à Drª Helena José e ao Dr. João Paulo Pestana pela vossa simpatia, acompanhamento e carinho e, ainda à enfermeira Carla Piscarreta Damásio que foi quem ligou o meu botão start para eu iniciar a minha escrita no blogue, muitos parabéns a todos porque desenvolvem excelentes trabalhos!


E para terminar resta-me dizer que, mais uma vez aqui está uma prova em como devemos sempre tirar partido positivo das coisas menos boas que a vida nos dá, afinal este crancrozito foi simplesmente um marco com muitas setas com diferentes sentidos de orientação, das quais, com a ajuda de todos, eu soube escolher a certa, eheheh!


Um beijo do coração!!!

5 comentários:

  1. Assino por baixo. Sem dúvida toda a equipa é "muito especial, simplesmente porque têm o dom de dar e ajudar com o mais puro e nobre dos sentimentos, que é o amor!"

    ResponderEliminar
  2. Visite o blogue do projecto Diário de Coragem, e junte-se a nós na luta contra o Cancro da Mama.

    http://diariodecoragem.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Sandra, tal como me sugeriste, vim ler o teu mail. Muita coisa me ocorre dizer, mas tudo será pouco para as palavras que tenho lido.
    Tal como te disse há pouco FORÇA devia ser um dos teus apelidos.
    Sem dúvida que vou acabar por ler todas as palavras que aqui escreveste e tentar usá-las em proveito próprio (egoísta hehe).
    Costumo dizer que apesar de ter a noção que há pessoas com problemas maiores que o meu (SEI QUE SIM SEM DÚVIDA) eu não consigo deixar de viver os meus como se os maiores fossem.
    O que escreves aqui é inspirador.
    Queria deixar um beijinho ENORME a ti e a todos os que lêem as tuas palavras...... incluindo um beijinho a mim mesma que bem preciso de começar a gostar mais de mim mesma.

    BEIJINHO
    Sofia B.

    ResponderEliminar
  4. Obrigada Sofia! Só posso mesmo acrescentar que, o amor próprio que devemos ter sempre presente na nossa vida,deve ser um ingrediente essencial, para que, possamos aceitar-nos tal como somos e levar a "nossa" vida o mais feliz possivel!!!
    Um bjinhos mt especial e incentivador para o teu "gosto de mim", lol!

    Abracinhos da Sandra Força, eheheh

    ResponderEliminar
  5. Olá chamo-me Antonio Batalha. Vim conhecer seu blog, dar-lhe os parabéns. Pois é muito bom, e gostaria de lhe deixar um convite: Ficava muito grato se fizesse parte dos meus amigos virtuais na Verdade que Liberta. Obrigado e um resto de boa semana.

    ResponderEliminar